Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras articula ações para retorno de crianças, jovens e idosos pós-pandemia

Reuniões acontecem remotamente por grupo pedagógico da Secretaria de Bem-Estar Social

Diversas ações da Prefeitura de Rio das Ostras que atendem crianças, adolescente, idosos e seus familiares por meio dos projetos e programas da Secretaria de Bem-Estar Social estão suspensos diante da pandemia do Coronavírus. Mas os atendimentos continuam acontecendo remotamente. Apesar de não ter previsão sobre o retorno dos atendimentos, a equipe pedagógica está se reunindo, via aplicativos de texto e vídeos, para preparar atividades especiais para acolhê-los nas unidades de assistência social assim que as atividades se normalizarem.

 

Nos encontros são debatidos temas e estratégias de ações que orientem, integrem e motivem este público a superarem as dificuldades enfrentadas e recomeçar a convivência comunitária com boas expetativas de replanejar suas rotinas e o futuro.

 

Um dos tópicos debatidos são sobre as novas aprendizagem que estas pessoas estão adquirindo durante isolamento. Seja uma receita, brincadeira e uma dança. Passarem a data de aniversários sem os amigos, cooperar ainda mais com a arrumação da casa, esperar, entre outras experiências.

 

Mas situações negativas também acontecem neste momento e devem ser avaliadas para criar estratégia de atendimento. Alguns adoeceram, viveram medos, perderam familiares e amigos, traumas entre outros.

 

Outro ponto que o grupo pedagógico está discutindo são as emoções de cada uma dessas pessoas durante o momento de pandemia. Para alguns uma vivência dolorida, outros reflexiva, mudanças, de aprendizado, tristeza, entre outros.

 

“Os orientadores sociais e oficineiros precisam ouvir os relatos para ajudá-los na construção de novas narrativas, agindo com empatia e acolhendo cada demonstração dos diferentes sentimentos vividos, planejando diálogos, mas também através de brincadeiras, movimentos corporais, usando o espaço das unidades, entre outros”, contou Andrea Vasconcellos, coordenadora pedagógica da Secretaria de Bem-Estar Social. 

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios