Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Celebração do Rock marcou final de semana do Ostrascycle

Mais de 80 expositores, 25 bandas, 70 horas de shows, 95% de taxa de ocupação foram alguns números desta edição

A 23ª edição do Ostrascycle movimentou as ruas e avenidas de Rio das Ostras, mesmo com sua estrutura instalada na Área de Eventos de Costazul. Durante os quatro dias de evento – 22 a 25 de março – por onde se passava era possível apreciar a diversidade dos modelos das máquinas que vinham de dezenas de estados. A programação de bandas foi um dos grandes destaques desta edição, reunindo cerca de 25 grupos.

 

Mais de 25 mil pessoas passaram na cidade, movimentando cerca de R$ 6 milhões na economia local. O casal Gustavo Assayaz, do Rio de Janeiro, e Stephanie Araújo, de São Pedro da Aldeia, escolheram o Ostrascycle para passar o final de semana.

 

“A gente ama rock e este clima bacana é contagiante. Já virou um festival de música também. Casting muito bem selecionado, com bom repertório. E o melhor, de graça”, disse Gustavo.

 

É a terceira vez consecutiva que a friburguense Gabriella Nader vem ao Ostrascycle. “Além de amar a diversidade das motos e curtir rock, é uma oportunidade que tenho para renovar meu armário. Os casacos de couro estão com um preço ótimo”, contou.

 

ROCK – Mais de 20 bandas eletrizaram o público entre o palco principal e outros dois instalados nos motoclubes Jaguar do Asfalto e Ostradeiros. Foram mais de 70 horas de rock’n’roll de artistas da região, que puderam mostrar músicas autorais.

 

“Foi uma super oportunidade para gente subir ao palco principal do Ostrascycle. Aqui a gente mostra músicas nossas numa estrutura de palco e som bem bacana. Só banda profissional trazendo um som próprio de cada uma. Um evento de celebração”, contou a vocalista da Noise Under Control, Raphaella Souza.

 

A vencedora do Ostrasbanda de 2017, El Patron, também marcou presença no palco principal fazendo o público cantar músicas consagradas do rock. “É um super reconhecimento tocar no mesmo palco de grandes feras da música, num evento consagrado”, disse Luan Shuenckel, guitarrista.

 

ESTRUTURA – Ao todo, 80 expositores participaram do Ostrascycle. Uma praça de alimentação ampliada ofereceu ao público uma diversidade entre food truck, restaurantes, lanches rápidos, cervejas artesanais, entre outros. Lojas de artigos de couro e motociclista atraíram a atenção de muita dos visitantes.

 

A Prefeitura instalou um Posto Médico, que ficou a disposição do público a partir da abertura do evento até o último show de cada noite. A criançada também tinha o Espaço Kids para diversão com parquinho instalado dentro da Área de Eventos de Costazul.

 

“Economicamente, o Ostrascycle é um dos principais eventos de Rio das Ostras na baixa temporada. Em 2018, tivemos cerca de 700 motoclubes cadastrados por nossa equipe oq que levou nossa taxa de ocupação a quase 100%. Isto é muito importante entre o empresariado local, que deve movimentar cerca de R$ 6 milhões entre os serviços oferecidos”, contou Alan Machado, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

 

OUTRAS ATRAÇÕES - O Globo da Morte também foi uma das grandes atrações desta edição. Em diversos horários, motociclistas faziam show de performances tirando o fôlego do púbico.

A exposição de carros e motos antigas também chamou a atenção de quem passava no evento.

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email