Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Movimentos sindicais e sociais promovem ato em defesa da saúde pública de Rio das Ostras

Entidades são contra a implantação de uma Organização Social (OS) para a gestão da saúde do município

A luta por uma saúde pública de qualidade em Rio das Ostras ganhou mais uma frente de defesa. Movimentos sindicais e sociais se uniram e promovem na próxima quarta-feira, dia 20, um ato-debate contra a implantação de uma Organização Social (OS) para a gestão da saúde do município. A ação, aberta ao público, será realizada às 15h30min na praça localizada em frente ao Posto de Saúde da Família do Bairro Âncora.

 

O objetivo é evitar o desmonte do Sistema Único de Saúde (SUS) no município. Recentemente, em Rio das Ostras, o Conselho Municipal de Saúde foi favorável à implementação de que uma Organização Social para a gestão dos serviços de saúde. Contudo, os movimentos sociais entendem que estas OS’s representam um retrocesso.

 

Para a professora de Serviço Social, Kátia Marro, que também faz parte da base sindical da ADUFF, adotar uma OS é privatizar a saúde. “Os documentos que registram as experiências das OS’s pelo Brasil mostram o quão ruim elas são. Utilizam esta contratação para falar em eficiência, entretanto, os números exibem precarização do trabalho, bem como quedas na qualidade e no número de atendimentos. É um tiro no pé”.

 

Segundo a diretora executiva do Sinpro Macaé e Região, Guilhermina Rocha, assim como na educação, o Sindicato defende uma saúde pública conforme previsto na Constituição Federal. “Defendemos a saúde como um princípio público e universal. Para o Sinpro, a população, a maior interessada, precisa saber o que está sendo encaminhado por parte do poder público. Este esclarecimento é um direito”.

 

Promovem o ato-debate a Associação dos Docentes da Universidade Federal Fluminense (ADUFF), Sindicato dos Servidores Municipais de Rio das Ostras (Sindserv-RO), Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro/NF), Sindicato dos Professores (Sinpro) de Macaé e Região e Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação - Núcleo Rio das Ostras e Casimiro de Abreu.

 

INICIATIVA – O ato começou a ser construído na última sexta-feira, dia 15, quando as entidades se reuniram no Polo da Universidade Federal Fluminense, em Rio das Ostras. Participaram do debate neste dia, servidores da saúde e representantes da sociedade civil.

 

FONTE: Ascom Sinpro Macaé e Região

Imprimir Email