Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Rio das Ostras realiza trabalho diário de combate às arboviroses

 

Agentes de Combate às Endemias estão devidamente orientados para as visitas domiciliares em tempo de pandemia

Mesmo em meio à pandemia do coronavírus, outras frentes de trabalho não param em Rio das Ostras. No município, outro combate importante segue firme em várias localidades. São as ações contra as arboviroses, conhecidas como Dengue, Zika e Chikungunya. O trabalho dos Agentes de Combate às Endemias – ACEs está sendo realizado conforme orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria do Estado do Rio de Janeiro.

 

De acordo com a chefe de Divisão da Vigilância Ambiental de Rio das Ostras, Joseneide Gomes Cavalcante, as visitas são realizadas, diariamente, somente na área externa de cada imóvel, lados, frente e fundos. Além das visitas domiciliares, as ações são feitas nos Pontos Estratégicos, com acompanhamento das notificações e são operacionalizadas através da análise do mapa de risco, que avalia os índices de infestação predial  das áreas. Outro dado importante é que os agentes estão devidamente identificados com crachás, uniformizados e com os Equipamentos de Proteção Individual – EPIs:: máscara, óculos, luvas e álcool em gel.

 

“O trabalho é de suma importância, haja visto que, as arboviroses podem agravar os quadros de Covid-19, caso algum morador contraia uma dessas doenças. Os agentes foram todos orientados quanto às ações em tempo de pandemia, respeitando o distanciamento social. Estamos tomando os devidos cuidados quando na residência se encontra, principalmente, idosos sem acompanhante, sabendo que os mesmos estão dentro do grupo de risco. Então, deixamos esta visita para uma outra data mais oportuna. Dessa forma não colocamos em risco a saúde dessas pessoas”, destacou.

 

Joseneide Gomes ressalta ainda que há necessidade de comunicação na abordagem, por isso, é fundamental que os munícipes também colaborem e venham a realizar o controle das arboviroses, eliminando os possíveis criadouros em suas residências.

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

 

 

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios