Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Nutricionistas da Prefeitura orientam crianças sobre alimentação ideal

Oficinas e palestras fazem parte da agenda dos profissionais de saúde 

A Secretaria de Saúde de Rio das Ostras desenvolve ações de orientação e acompanhamento nutricional dos alunos das escolas da Rede Municipal. Como forma de ampliar esse trabalho, nutricionistas do Município também visitam as unidades de ensino particulares. Na última quarta, dia 24, a convite do Colégio Casulo, as especialistas conversaram com alunos do 5º ano. Elas ouviram dúvidas dos estudantes e educadores e deram orientações sobre alimentação saudável. As crianças serão multiplicadoras dessas informações junto aos familiares e colegas.

 

As nutricionistas Regina Ramos, Elielbia Moraes e Gladis Cardoso reuniram alunos do Casulo e avaliaram alguns dos seus cardápios, descritos pelas próprias crianças. Elas também apresentaram a famosa “pirâmide alimentar” e conversaram sobre as características de cada grupo de alimentos. Os estudantes se prepararam para transferir esse conhecimento aos visitantes da feira de agricultura familiar promovida pela escola.

“É preciso se alimentar bem antes das atividades e, nesta fase de crescimento, é importante ingerir queijo, leite, iogurte...”, disse a nutricionista Regina Ramos. Ela marcou ainda a importância das crianças lembrarem aos pais as melhores opções de alimentos, em especial, no momento das compras no supermercado.

Essa foi uma das palestras e oficinas promovidas pela Área Técnica de Alimentação e Nutrição – Atan da Prefeitura, que tem ido ao encontro da população para promover a alimentação saudável. A ingestão equilibrada de alimentos pode prevenir doenças como hipertensão, diabetes e a obesidade, mal que atinge a cada dia mais os brasileiros, incluindo as crianças.

OFICINAS – A Área Técnica de Nutrição e Alimentação – Atan promove uma série de palestras e oficinas culinárias dedicadas a diferentes públicos. Neste ano, já foram promovidas aulas sobre preparo de alimentos para hipertensos e diabéticos e para pacientes obesos.

As crianças do Programa de Diabetes do Município também participaram de uma oficina especial, na qual aprenderam a preparar biscoitos e sobremesas sem açúcar e com menos carboidratos.

Atentos à questão da obesidade e sobrepeso na infância, a Secretaria de Saúde também está avaliando o Índice de Massa Corporal e os hábitos alimentares dos alunos da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino.

 

FONTE:

Secretaria de Comunicação Social

Departamento de Jornalismo

Imprimir Email