Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Projeto leva informações científicas de forma lúdica aos alunos de Rio das Ostras

Ciência Móvel conta com planetário inflável e pode ser visitado até sábado, 25, com alguns horários disponíveis ao público em geral

A chegada do projeto Ciência Móvel a Rio das Ostras nesta terça, 21, está possibilitando que estudantes aprendam, com experimentos lúdicos, sobre a produção de energia elétrica, gravidade, e outros temas da Física, Química e Biologia. Coordenado pelo Museu da Vida, da Fiocruz, a mostra fica no Ginásio Poliesportivo Benedito Zarour, no Jardim Mariléa, até sábado, 25.  Além das escolas agendadas, também o público em geral poderá ter acesso às exposições e às atividades na quarta-feira, das 18h30 às 20h30, e no sábado, das 8h30 às 12h.

Uma das atividades que faz mais sucesso com a garotada é o Girotec, também conhecido como giroscópio humano, usado para o treinamento de astronautas e pilotos. O aluno é colocado nesse grande “pião”, capaz de girar em todas as direções, exercitando assim o equilíbrio. Rafael Moura, de 13 anos, aluno do 7º ano na Escola Municipal Nilton Balthazar, participou da experiência e aprovou. “A sensação de rodar assim é diferente, um tanto estranha até, mas valeu a pena. Gostei muito do experimento de física, que mostra como o ar pode movimentar um objeto mais leve”, conta.

A aluna Brenda Fontes, de 8 anos, cursa o 3º ano da Escola Municipal Ary Gomes de Marins e gostou especialmente da miniusina hidrelétrica, que explica como a queda de um rio é convertida em eletricidade. “Tinha estudado sobre isso em sala de aula e pude entender ainda melhor. Também achei muito bom brincar de telefone sem fio”, diz a estudante se referindo aos espelhos sonoros, que mostram com o som é propagada de um ponto a outro.

 

 

Para os professores que acompanharam os estudantes, o projeto é um importante contributo ao aprendizado. “Os alunos podem ver que a ciência está presente no cotidiano e se aproximar de temas mais complexos, como a astronomia, com a visita ao planetário inflável. Procuramos apresentar esses assuntos da melhor forma, inclusive com a exibição de filmes, mas o contato com os experimentos tem um resultado ainda melhor”, acredita Líliam Márcia da Silva, que leciona para o 3º ano da Escola Municipal Simar Machado Sodré.

 

 

Entre as atrações do projeto estão os modelos anatômicos do corpo humano, microscópios, coleção de insetos, maquete de casa que mostra a quantidade de energia consumida por aparelhos eletrodomésticos, câmaras escuras explicando como funciona a visão e a mostra “Nas pegadas de Darwin”, resultado da expedição de crianças italianas, acompanhadas por dois cientistas, às Ilhas Galápagos.  O Ciência Móvel é uma parceria da Fundação Cecierj e Bio-Manguinhos / Fiocruz e apoio do CNPq, Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e Ministério da Cultura.

 

 

 

 

SERVIÇO:

 

Ciência Móvel

 

Ginásio Poliesportivo Benedito Zarour

 

Rua Bom Jardim, s/nº Jardim Mariléa

 

De terça, 21, a sexta-feira, 24, das 8h às 12h e das 14h às 17h30: escolas agendadas

Quarta, 22, das 18h30 às 20h30, e sábado, 25,  das 8h30 às 12h: aberto ao público

 

FONTE: ASCOM - PMRO.

Imprimir Email