Rio das Ostras . Net



twiiter RSS FEED 2.0 facebook
303x130 painelMobile costazul area

Secretaria de Educação de Rio das Ostras adquire jogos pedagógicos para alunos

 

Com a certeza de que, por intermédio das brincadeiras, as crianças aprendem mais e melhor, a Secretaria de Educação de Rio das Ostras adquiriu, nos últimos meses, vários brinquedos e jogos pedagógicos.

As escolas municipais já estão recebendo o material que será de grande valia para o aprendizado dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental no retorno presencial das aulas, assim que os índices sanitários permitirem.

 

Segundo a Base Nacional Comum Curricular – BNCC, a interação durante o brincar caracteriza o cotidiano da infância, trazendo consigo muitas aprendizagens. De acordo com o documento, a coordenadora de Educação Infantil da Rede Municipal, Evelyn Gomes, afirma que as atividades lúdicas são consideradas ferramentas para auxiliar na aquisição de conhecimentos.

 

“Os jogos e brincadeiras conseguem relacionar o mundo para a realidade da criança, permitindo o desenvolvimento de sua inteligência, suas habilidades e contribuem de forma significativa com o ensino e a aprendizagem de uma maneira mais amena e prazerosa e é isto que buscamos para nossos alunos”, contou Evelyn.

 

A aquisição dos jogos é uma forma de oferecer condições favoráveis à aprendizagem dos alunos, conforme avalia o secretário de Educação, Maurício Henriques. Na lista do material recebido pelas escolas estão quebra-cabeças de diversos temas como animais, frutas, formas geométricas, jogos da memória, ábacos, tangram, dominó e blocos de encaixe, entre outros.

 

“Ao equipar as unidades escolares com esse material, queremos ampliar as opções de planejamento das intenções educativas feitas pelos professores. Acreditamos que ele será de fundamental importância para retomar todo o processo de ensino-aprendizagem que foi perdido com a pandemia. Será um resgate mais rápido da aprendizagem e desenvolvimento do aluno”, afirmou.

 

PALAVRA DE ESPECIALISTA – A autora Ana M. C. Carvalho, no livro ‘Brincadeira e cultura: viajando pelo Brasil que brinca’, de 1992, destaca que “[...] desde muito cedo o jogo na vida da criança é de fundamental importância, pois quando ela brinca, explora e manuseia tudo aquilo que está a sua volta, através de esforços físicos e mentais e sem se sentir coagida pelo adulto, começa a ter sentimentos de liberdade, portanto, real valor e atenção as atividades vivenciadas naquele instante.  [...] o ensino absorvido de maneira lúdica, passa a adquirir um aspecto significativo e afetivo no curso do desenvolvimento da inteligência da criança”.

 

FONTE: ASCOMTI - PMRO.

Imprimir Email

Anúncios

Anúncios