Rio das Ostras . Net

Fair

23°C

Rio das Ostras, RJ

Fair
Umidade: 78%
Vento: NNE at 8.05 km/h



twiiter RSS FEED 2.0 facebook

Primeira etapa do emissário submarino de Rio das Ostras é concluída com sucesso

Rio das Ostras é o primeiro município no país com menos de 100 mil habitantes a lançar mão dessa tecnologia

A Prefeitura de Rio das Ostras realizou hoje, dia 23, a primeira e principal etapa na construção do Sistema de Esgotamento Sanitário, o lançamento da primeira parte do emissário submarino.

Com 800 metros de comprimento, a primeira parte da tubulação foi submersa na Praia de Costazul depois de ser rebocada pelo Rio São João até a praia, em uma operação que durou cerca de 6 horas, envolvendo 12 embarcações. “Foi um sucesso, a operação foi perfeita, tudo correu como esperávamos”, comemorou o prefeito Carlos Augusto, lembrando que Rio das Ostras é o primeiro município no país com menos de 100 mil habitantes a lançar mão dessa tecnologia.

A submersão do emissário, que durou cerca de duas horas, foi assistida de perto por populares e várias autoridades do município e do estado, entre elas o prefeito Carlos Augusto, o vice-prefeito, Ronaldo Fróes, o presidente da Câmara, Carlos Afonso, o deputado federal, Alexandre Santos, o secretário de Obras, Paulo Villaça, o presidente da OAB de Rio das Ostras, Samuel de Oliveira, o presidente da Colônia de Pescadores Z22, Abraão Souza, entre outros.

Na ocasião, Carlos Augusto destacou que o acontecimento confirma o compromisso de sua administração com a qualidade de vida da população de Rio das Ostras e com a preservação do meio ambiente. “Rio das Ostras se projeta para o cenário nacional demonstrando seu compromisso com o tratamento de esgoto e infra-estrutura do município”, comentou o prefeito.

O próximo passo agora será a submersão da segunda parte do emissário, que foi dividido em cinco partes de cerca de 800 metros cada. A operação, segundo a secretaria de Obras, está prevista para o próximo dia 5 de fevereiro. Depois de pronto o emissário submarino, a prefeitura fará a conclusão do píer e a interligação dos emissários submarino e terrestre.

SISTEMA - O Sistema de Esgotamento Sanitário de Rio das Ostras, um dos mais modernos do país, atenderá as necessidades do município até o ano de 2020, considerando o crescimento populacional de Rio das Ostras, hoje em 8% ao ano. Todo o esgoto da cidade será transportado pela rede coletora e encaminhado à estação de tratamento, onde receberá tratamento primário. Após essa etapa, os efluentes tratados seguem para o emissário terrestre e em seguida para o submarino, que será responsável pelo lançamento do esgoto tratado, com 90% de índice de pureza, a uma distância de 3.880 metros da costa.

A princípio, serão construídos 20 quilômetros de rede de esgoto que irá atender cerca de 10 mil moradores no bairro Nova Esperança.

O sistema, que está sendo construído com tecnologia de ponta está na seleta lista de esgotamentos já utilizados nos grandes centros do país, tal como Rio de Janeiro, Manaus e São Paulo. Nessa lista, Rio das Ostras é o primeiro município no país com menos de 100 mil habitantes a lançar mão dessa tecnologia.

A previsão é que o Sistema – que engloba a rede coletora, estações elevatórias, estação de tratamento, emissários terrestre e submarino, além de tubulação difusora - esteja pronto até o primeiro semestre de 2007. As obras do Sistema estão orçadas em 107 milhões.

FONTE: SECOM - PMRO.

 Imprimir  E-mail